Voltar Contatos Mapa
www.studiomel.com
› A Qualidade da Voz
› A Altura
› A Intensidade
› O Timbre
› A Homogenidade
› A Afinação
› O Vibrato
› O Alcance da Voz
› A Classificação Vocal
› A Função Vocal
› O Gesto Vocal
› A Técnica Vocal
› Vocalizes
› Erros Técnicos
Percepção Musical
› O Som e a Audição
Preservação da Voz
A Voz Rouca
› Cantoterapia

Studio Mel
Cursos e preços
Nossa localização

Atendimento:
de segunda à domingo
das 10:00 às 22:00 hs.
subscreva
_Ou_Mande um email__
 

Atendimento

STUDIO MEL

&
GLOBO FAMA

Rua Valparaíso, 83 / 302 - Tijuca. Rio de Janeiro
CONTATO

Tel :    (021) 3283-3000
Cel :    (021) 8344-4808

De segunda-feira á domingo no horário das 10:00 às 22:00.

 

 
 

A TÉCNICA DA VOZ CANTADA

75
76
77
 

O que é Cantoterapia

A Cantoterapia se propõe a aprimorar a voz cantada, mediante exercícios musicais que atuam também sobre o corpo e a emoção.
Ela aborda o ser humano em sua plenitude, privilegiando o desenvolvimento do lado direito do cérebro. É um trabalho holístico, integral.
Na Cantoterapia, a voz e o canto constituem o canal privilegiado através do qual se pode atingir e melhorar os aspectos psicológicos dos indivíduos.
Através de numerosos exercícios, os alunos entram em contato com as suas dificuldades e aprendem a cantar e se exprimir com liberdade.
Vencendo as resistências e inibições naturais, graças à facilidade com que a música atinge os sentimentos mais profundos, sem passar pelo plano racional, a Cantoterapia pode até funcionar como um valioso apoio às terapias psicológicas convencionais.
Na Cantoterapia, o treinamento se dá através do incentivo, do elogio e da crítica construtiva e afetuosa. Para poder cantar, é necessário que o aluno perca o medo, em todas as suas manifestações: medo de errar, de ser criticado, de se expor, de ser rejeitado.

 

O que é Musicoterapia

 

Musicoterapia é uma ciência paramédica que utiliza a música e seus elementos constituintes, ritmo , melodia e harmonia , além de movimentos, expressão corporal, dança e qualquer outra forma de comunicação não verbal, com objetivos terapêuticos. Se desenvolve em um processo coordenado por um musicoterapeuta qualificado, com um paciente ou grupo. O objetivo primário da musicoterapia é possibilitar aos pacientes a realização de necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas.

Os musicoterapautas trabalham com uma gama variada de pacientes. Entre estes estão incluídas pessoas com dificuldades motoras, autistas , pacientes com deficiência mental , paralisia cerebral , dificuldades emocionais, pacientes psiquiátricos, gestantes e idosos. O trabalho musicoterápico pode ser desenvolvido dentro de equipes de saúde multidisciplinares, em conjunto com médicos , psicólogos , fonoaudiólogos , terapeutas ocupacionais , fisioterapeutas e educadores .Também pode ser um processo autônomo realizado em consultório.

O uso da música como método terapêutico vem desde o início da história humana. Alguns dos primeiros registrs a esse respeito podem ser encontrados na obra de filósofos gregos pré-socráticos. A sistematização dos métodos utilizados hoje em dia só começou, no entanto após a Segunda Guerra Mundial , com pesquisas realizadas nos Estados Unidos . O primeiro curso universitário de musicoterapia foi criado em 1944 na Michigan State University.

Hoje a musicoterapia é estudada e praticada em dezenas de países. Embora existam variações na legislação de cada país, na maior parte dos países é uma carreira universitária autônoma. Em alguns países é ligada à carreira médica ou à psicologia.

O processo da musicoterapia pode se desenvolver de acordo com vários métodos. Alguns são receptivos , quando o musicoterapauta toca música para o paciente. Este tipo de sessão normalmente se limita a pacientes com grandes dificuldades motoras ou em apenas uma parte do tratamento, com objetivos específicos. Na maior parte dos casos a musicoterapia é ativa , ou seja, o próprio paciente toca os instrumentos musicais , canta, dança ou realiza outras atividades junto com o terapeuta. A forma como o musicoterapeuta interage com os pacientes depende dos objetivos do trabalho e dos métodos que ele utiliza. Em alguns casos as sessões são gravadas e o terapauta realiza improvisações ou composições sobre os temas apresentados pelo paciente. Alguns musicoterapeutas procuram interpretar musicalmente a música produzida durante a sessão. Outros preferem métodos que utilizem apenas a improvisação sem a necessidade de interpretação. Os objetivos da produção durante uma sessão de musicoterapia são não-musicais, por isso não é necessário que o paciente possua nenhum treinamento musical para que possa participar deste tratamento.

O musicoterapeuta, por outro lado, devido às habilidades necessárias à condução do processo terapêutico, precisa ter proficiência em diversos instrumentos musicais. Os mais usados são o violão , o piano e instrumentos de percussão. Também faz parte da formação do musicoterapeuta o conhecimento da anatomia e fisiologia humana, psicologia , filosofia e noções de expressão artística em diversas formas

Leia também

Cantoterapia
O mecanismo Inconsciente
Harmonia Interior



STUDIO MEL

Aulas de CANTO com gravação de CD GRÁTIS.
Rua Valparaíso, 83 / 302 - Bairro - Tijuca.
Cidade Rio de Janeiro


TELEFONES : (021) 3283-3000 cel (021) 8344-4808

Maestro Ernesto Leal OMB 33.997
Diretor do Globo Fama e Studio Mel




playbacks midis e mp3 para cantar