Voltar Contatos Mapa
www.studiomel.com
› A Qualidade da Voz
› A Altura
› A Intensidade
› O Timbre
› A Homogenidade
› A Afinação
› O Vibrato
› O Alcance da Voz
› A Classificação Vocal
› A Função Vocal
› O Gesto Vocal
› A Técnica Vocal
› Vocalizes
› Erros Técnicos
Percepção Musical
› O Som e a Audição
Preservação da Voz
A Voz Rouca
› Cantoterapia

Studio Mel
Cursos e preços
Nossa localização

Atendimento:
de segunda à domingo
das 10:00 às 22:00 hs.
subscreva
_Ou_Mande um email__
 

Atendimento

STUDIO MEL

&
GLOBO FAMA

Rua Valparaíso, 83 / 302 - Tijuca. Rio de Janeiro
CONTATO

Tel :    (021) 3283-3000
Cel :    (021) 8344-4808

De segunda-feira á domingo no horário das 10:00 às 22:00.

 

 

A TÉCNICA DA VOZ CANTADA

32
33
34
35
36
37
38 39 40 41
 

__Técnica Vocal ___ ______--página  33_

..__Exercícios de Respiração


______A respiração deve ser treinada independente do canto.
Os exercícios respiratórios devem ser feitos diariamente, durante todo o período dos estudos vocais, para desenvolver e agilizar a musculatura respiratória, pelo menos durante vinte minutos várias vezes ao dia. Depois de alguns meses, a pessoa terá adquirido uma respiração mais ampla, realizada sem esforço. O treinamento será contínuo durante toda a carreira do cantor, mesmo que seja apenas alguns minutos por dia, associado ou não à ginástica corporal.
Se a pessoa não realiza o que lhe pedimos adequadamente, por diferentes razões, começaremos os exercícios em decúbito dorsal. Para facilitar o gesto respiratório, iniciaremos com movimentos naturais e flexíveis na posição deitada. Geralmente eles são muito limitados, mas fáceis e instintivos. Depois, bastará pedir que os identifiquem para que eles se ampliem e para que a capacidade aumente. Quando o cantor tiver consciência do que deve fazer, então ele deverá praticar o mesmo exercício de pé.
______Nos casos difíceis, diferentes procedimentos podem ser utilizados: começar o exercício de respiração pela expiração, o que pode ser provocado por uma ligeira pressão das mãos no nível da cinta abdominal e da base do tórax. Este procedimento evita os movimentos excessivos e desordenados que podem ser conseqüência de uma respiração infreqüente e facilita a inspiração seguinte. Se o indivíduo abre pouco as costelas, será preciso decompor a inspiração em dois tempos: primeiro tempo, com um ligeiro avanço da parede abdominal (que se descontrai); segundo tempo, abertura das costelas e contração da região para-vertebral. Em seguida, é preciso realizar a inspiração num só tempo e cuidar para que as costelas não se abram exageradamente.
______Esta abertura deve ser completada no momento da contração abdominal, isto é, no momento do ataque, sobretudo no agudo a fim de dar maior firmeza ao sopro.
Em seguida, o aluno deverá treinar a respiração rápida, pois esta é freqüentemente usada na voz cantada e com o mesmo gesto. Se esta respiração precede uma frase curta, pouco intensa e de pouca extensão, as costelas mexerão pouco.
______A penetração do ar será sempre nasal, de preferência. Exceto quando os silêncios musicais forem muito breves. Neste caso, é preciso respirar ao mesmo tempo pelo nariz e pela boca. Mas para que a respiração possa desempenhar seu papel e ser eficaz, as fossas nasais devem permitir que a respiração seja equilibrada, que o ar possa passar sem ruído pelas narinas e que as cavidades nasais não estejam obstruídas por cornetos hipertrofiados, por um desvio do tabique nasal etc.
______No canto, a respiração está submetida a diferentes imperativos: duração das frases musicais, silêncios breves, intensidade, altura tonal etc., o que implica em diferentes pressões e modificações da capacidade pulmonar. O cantor deve, através de exercícios apropriados, treinar diferentes ritmos inspiratórios e expiratórios respondendo às exigências da música. Ele poderá variar da seguinte maneira:

- Inspiração lenta – Expiração lenta.

- Inspiração lenta – Expiração rápida.

- Inspiração rápida – Expiração lenta.

- Inspiração rápida – Expiração rápida.

______Este meio permite dar-se conta de que há momentos nos quais é preciso intensificar os movimentos ativos ou ao contrário moderá-los, economizá-los.
______Para prolongar a duração da expiração e desenvolver a musculatura costo-abdominal, o iniciante depois de uma inspiração lenta ou rápida tratará de prolongar a expiração da consoante sss; inicialmente de modo regular em seguida começando devagar e aumentando progressivamente, imediatamente se sente que o aumento só se faz com mais firmeza da musculatura abdominal, isto é com mais pressão. ______Durante a emissão desta consoante, não se deve fazer esforço laríngeo. No início do treinamento a duração será de dez segundos, em seguida ela poderá atingir quarenta segundos variando a intensidade para mais ou para menos.
______Entre cada movimento, é bom colocar uma pausa de dois a três segundos depois da inspiração e cinco segundos, pelo menos, depois da expiração. Isto permite aos músculos se relaxarem e facilita a penetração de ar e o controle dos movimentos
.


___

STUDIO MEL

Aulas de CANTO com gravação de CD GRÁTIS.
Rua Valparaíso, 83 / 302 - Bairro - Tijuca.
Cidade Rio de Janeiro


TELEFONES : (021) 3283-3000 cel (021) 8344-4808

Maestro Ernesto Leal OMB 33.997
Diretor do Globo Fama e Studio Mel