Voltar Contatos Mapa
www.studiomel.com
› A Qualidade da Voz
› A Altura
› A Intensidade
› O Timbre
› A Homogenidade
› A Afinação
› O Vibrato
› O Alcance da Voz
› A Classificação Vocal
› A Função Vocal
› O Gesto Vocal
› A Técnica Vocal
› Vocalizes
› Erros Técnicos
Percepção Musical
› O Som e a Audição
Preservação da Voz
A Voz Rouca
› Cantoterapia

Studio Mel
Cursos e preços
Nossa localização

Atendimento:
de segunda à domingo
das 10:00 às 22:00 hs.
subscreva
_Ou_Mande um email__

Atendimento

STUDIO MEL

&
GLOBO FAMA

Rua Valparaíso, 83 / 302 - Tijuca. Rio de Janeiro
CONTATO

Tel :    (021) 3283-3000
Cel :    (021) 98344-4808

De segunda-feira á domingo no horário das 10:00 às 22:00.

 

 

A TÉCNICA DA VOZ CANTADA

Páginas
16
17
18
19
20
21
 
Veja os links
abaixo


OS BRÔNQUIOS


Brônquios

A traquéia se divide em dois brônquios, um direito e outro esquerdo, que se dirigem até os pulmões. Ambos têm pouco mais da metade do calibre da traquéia, sendo o direito mais amplo do que o esquerdo. Este é mais amplo porque o pulmão direito é mais volumoso do que o esquerdo. O brônquio direito se divide em três brônquios secundários, correspondentes cada um a cada lóbulo do pulmão direito. Dos três brônquios secundários nascem 10 segmentários ou terciários:
3 para o lóbulo superior.
2 para o lóbulo médio.
5 para o lóbulo inferior.
É possível distinguir 10 segmentos bronco-pulmonares.
O brônquio esquerdo se divide em dois brônquios secundários, correspondentes cada um a cada lóbulo do mpulmão esquerdo. Os brônquios secundários se dividem em 8 brônquios terciários:
4 para o lóbulo superior.
4 para o inferior.
Portanto, o pulmão esquerdo compreende 8 segmentos.
À medida que se dividem, os brônquios vão fazendo-se progressivamente de menor calibre até passar a dimensões microscópicas e então tomam o nome de bronquíolos. As divisões repetidas dos bronquíolos dão lugar aos bronquíolos terminais ou respiratórios, que se abrem no conduto alveolar, do qual derivam os sacos aéreos. A parede de cada conduto alveolar e saco aéreo está formada por várias unidades chamadas alvéolos.
Árvore brônquio - bronquiolar: Os brônquios, começam na traquéia, penetram no pulmão depois de um curto trajeto e ali se dividem originando 3 brônquios secundários no pulmão direito e 2 no esquerdo. A partir destes, a árvore bronquial se ramifica dicotomicamente em forma desigual. As primeiras 9 à 12 divisões constituem os brônquios; as ramificações seguintes constituem os bronquíolos, dentro dos quais se distinguem sucessivamente os bronquíolos propriamente ditos, os bronquíolos terminais e os bronquíolos respiratórios. Estes se ramificam dando lugar aos condutos alveolares que ao mesmo tempo originam os sacos alveolares ou alvéolos onde se produz o intercâmbio gasoso.
Nos brônquios intrapulmonares, os anéis são substituídos por placas irregulares distribuídas em toda a circunferência do conduto e cuja importância decresce gradualmente até que desaparecem nos bronquíolos. Os brônquios não tem cartilagem e possuem uma armação de fibras elásticas e reticulares que se prolongam na parede alveolar.

árvore bronquial

Árvore bronquial. 1)Cartilagem tireóide; -2)Cartilagem cricóide; -3)Traquéia; -4)Bifurcação da traquéia; -5)Brônquio direit;o -6)Brônquio esquerdo; -7)Brônquio do lobo superior do pulmão direito; -8)Brônquio do lobo médio do pulmão direito; -9)Brônquio do lobo inferior do pulmão direito; -10)Brônquio do lobo superior do pulmão esquerdo; -11)Brônquio do lobo inferior do pulmão esquerdo; -12)Bronquíolos, últimas ramificações.

Os brônquios são a direta continuação da traquéia. Esta, terminado o seu trajeto vertical, se bifurca em dois ramos, que são justamente os brônquios. O brônquio direito se dirige ao pulmão direito e se divide ,em três ramos, um para cada lobo pulmonar. O brônquio esquerdo entra no pulmão esquerdo e se divide só em dois ramos, porque o pulmão esquerdo só tem dois lobos.
Cada ramo se divide sucessivamente em ramos, sempre menores. Os brônquios têm importantes relações com os órgãos vizinhos: o brônquio esquerdo é contornado pela croça da aorta; o brônquio direito está em relação direta com a veia cava superior, que lhe fica adiante.
O comprimento da parte extrapulmonar dos brônquios é muito reduzido:5 a 6 centímetros à esquerda; 2 a 3 centímetros à direita. O seu diâmetro é, também, no máximo, de 1,5 centímetros.
Também os brônquios são formados de anéis cartilaginosos, mas a sua estrutura muda aos poucos à medida que eles se ramificam e se tornam sempre mais delgados. A mucosa também é forrada de células cilíndricas com cílios vibráteis, as quais, todavia, ao nível dos brônquios menores (bronquíolos ), se transformam em células cúbicas sem cílios.
Os brônquios estão em relação, justamente ao nível da bifurcação da traquéia, com um grupo de gânglios linfáticos muito importantes, chamados tráqueo-bronquiais. São eles a sede da adenopatia tráqueo-bronquial, freqüente nas crianças e conexa com a infecção tuberculosa.


STUDIO MEL

Aulas de CANTO com gravação de CD GRÁTIS.
Rua Valparaíso, 83 / 302 - Bairro - Tijuca.
Cidade Rio de Janeiro

TELEFONES : (021) 3283-3000 cel (021) 98344-4808

Maestro Ernesto Leal OMB 33.997
Diretor do Globo Fama e Studio Mel



Receba playbacks midis kar e mp3 para cantar